pessoa_tirando_foto

Na sala ou na cozinha, no trabalho ou no estádio, no caminho para casa de carro (cuidado!) ou de ônibus, com os amigos no bar ou com a namorada num restaurante, ele está sempre lá: o smartphone. Este aparelho, ou gadget como dizem por aí, está presente em todos os momentos da nossa vida.

Em tempos de pandemia do Coronavírus, o uso do smartphone se tornou ainda mais frequente e necessário. A chamada de vídeo, por exemplo, está sendo usada para aproximar familiares que não podem se ver e também no mundo corporativo. O home office, dizem especialistas, veio para ficar.

Claro, nem tudo são flores. Há estudos que mostram a dependência de algumas pessoas do celular, gerando ansiedade e até mesmo depressão. Mas o uso consciente e comedido dos smartphones é mais do que recomendado, trata-se de uma necessidade em todo o planeta.

Segundo a 31ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), o Brasil tem hoje 234 milhões de celulares inteligentes, os smartphones. Como nosso país têm 209 milhões de habitantes, há mais smartphones do que pessoas em território nacional.

Os apps

Os apps tornam quase tudo possível. Você já parou para pensar quantos apps utiliza todos os dias!? Neste contexto de pandemia, o Ministério da Saúde lançou o “Coronavírus – SUS”. Com ele, a população se informa sobre o Covid-19 e pode, entre outras funcionalidades, achar a unidade de saúde mais próxima.

Este é só um exemplo entre milhões. Apps são criados todos os dias para, em tese, facilitar nosso cotidiano. Em outras palavras, atualmente existem apps para tudo o que você imaginar, tudo mesmo. Alguns deles literalmente aposentaram outros produtos.

Se você for conhecer o apartamento novo daquele amigão da faculdade, é muito provável que você use o Google Maps para chegar lá. Se estiver passando férias numa cidade até então desconhecida o uso daquele aplicativo de localização é praticamente obrigatório. Nada de mapa impresso!

Mas se quiser um jantar a dois de última hora sem sair de casa?  O app do seu restaurante preferido possibilita isso, sem sequer usar o telefone fixo para desfrutar de uma noite romântica, sem precisar sair, pegar trânsito, estacionar o carro…

Ah, mas depois quero ver um filme com ele. Ou ela! Você já se deu conta que nem à locadora você precisa ir mais? Dezenas de serviços de streaming tem uma vastidão de opções de filmes e séries para atender a praticamente todos os gostos. Sejam filmes clássicos ou lançamentos, eles estão a um clique no smartphone ou apertar do botão no controle remoto da TV.

É bem verdade que muitos se perdem com tantas opções e passam horas para escolher um filme, mas aí é outra história.

Mudança de comportamento

Título: Amigos com smartphone - Descrição: Amigos sentados numa escada olham na tela de seus smartphones.

Essa mudança de comportamento vem acontecendo há anos, desde que os smartphones estraram de vez nas nossas vidas. O grande marco pode ser o do lançamento do iPhone por Steve Jobs, em 2007.

Já existiam smartphones antes disso, mas nenhum deles era tão revolucionário quanto o aparelho da Apple. Jobs apresentou ao mundo um gadget com acesso fácil à internet e câmara traseira de boa resolução para época e, o que causou mais reboliço, touch screen. Era possível mover ou ampliar as imagens na tela com um simples deslizar de dedos, além de realizar a ligação convencional com apenas um toque.

Desde então empresas de tecnologia como a própria Apple, Samsung, Motorola, LG e Huawei investiram uma fortuna em avanços dos aparelhos, o que mudou sua vida, pode ter certeza. A minha e de outros bilhões por todo o planeta também.

Você provavelmente já presenciou cenas, no mínimo, curiosas graças a essa revolução. Nas décadas de 80 e 90 você não veria quatro adolescentes em silêncio sentadas à mesa de uma lanchonete olhando cada uma para o seu smartphone. Estariam elas conversando entre si via WhatsApp? Eu não duvido!

O paquerar e o transporte

Título: Paquera e namoro via apps. - Descrição: Paquera e namoro via apps. Smartphone com dois corações na tela a a palavra LOVE saindo dela.
Paquera e namoro via apps. Smartphone com dois corações na tela a a palavra LOVE saindo dela.

Até para paquerar o smartphone se faz presente. Os apps de relacionamento, por exemplo, estão sempre entre os campeões de downloads. Se há algumas décadas havia os “Recados do coração” nas páginas dos jornais impressos e os chats em portais como o Terra, hoje a paquera está mais facilitada com o smartphone.

O Tinder talvez seja o mais famoso, porém existem vários outros: LOVOO, Kickoff, Femme, Grindr, Once, Bumble, etc. Seja qual for sua intenção – apenas paquerar ou conseguir um namorado ou namorada, o tal crush –, e orientação sexual, um desses apps poderá te ajudar nessa empreitada.

Então se tudo der certo e você achou aquela pessoa legal no app de namoro, em alguns minutos um veículo estará à sua porta para te levar a ela graças a um app de transporte. Pode ser o Uber, Cabify ou 99 Táxi. Você nem precisa se expor usando o seu carro.

No trabalho

Não é de hoje que o smartphone vem sendo usado no mundo corporativo. Mas com a pandemia, ele e o home office estão tendo um papel de grande destaque. Com a necessidade de distanciamento social, reuniões são feitas a todo instante via internet.

Título: Smartphone na empresa - Descrição: Homem trabalha usando o smartphone.

Se for uma conversa mais informal, a tal “coisa rápida”, com o seu colega ou chefe de setor, uma chamada de vídeo pelo WhatsApp resolve. Mas se for necessário algo profissional, numa reunião mais demorada, existem apps específicos como o Google Meet, Skype e o Zoom.

Há outras inúmeras funcionalidades do smartphone no mundo corporativo, que é muito utilizado para executar tarefas dentro de uma empresa. Muitas delas, inclusive, criam os próprios apps para isso, o que pode aumentar a economia, produtividade e eficiência, gerando o tão sonhado lucro.

Fora tudo isso e mais um pouco, existem milhares de outras utilidades para um smartphone no nosso dia a dia. Seja para treinar como na academia, bater papo nas redes sociais, tirar fotos, jogar aquele game irado que acabou de ser lançado, estudar idiomas ou para a faculdade, fazer compras, abastecer o carro com álcool ou gasolina, pagar conta no banco ou simplesmente ouvir rádio, o certo é que o smartphone é o seu companheiro de todas as horas neste início de anos 2020.

E então, como você faz uso do smartphone? Qual o app que mais usa? Você tem um uso mais profissional ou mais ligado ao entretenimento?

Você sabia que existe uma empresa sensacional que aluga smartphones para a sua empresa? E tudo de forma rápida, segura e com tecnologia de qualidade!

CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS!

One thought on “Smartphone, o seu companheiro de todas as horas

  1. Antonio

    Reply

    Ufa consegui achar o artigo que estava precisando e
    poucos conseguem ter essa informação correta e
    relevante. Obrigado e vou compartilhar no meu twitter.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *